Devil May Cry 4

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

ANÚNCIO Devil May Cry 4

Mensagem por Venom em 25/5/2009, 14:55

O protagonista mudou, mas Devil May Cry ainda está no topo das séries de ação.
É engraçado como muitas séries consideravelmente impactantes no cenário dos games surgem das maneiras mais peculiares e curiosas. Sejam inspirados em clássicos do cinema, culturas específicas ou até mesmo outros jogos, tais títulos emprestam determinados elementos para moldar uma fórmula nova e única.
Devil May Cry é um exemplo claro. O primeiro game da série foi desenvolvido até determinado ponto como uma continuação de uma das séries mais famosas da Capcom, Resident Evil. No entanto, os rumos tomados durante a produção do jogo acabaram por distanciá-lo da série devido à quantidade de elementos de ação e à intensidade dos combates presentes. A opção então foi criar uma nova franquia, Devil May Cry.

Sete anos depois, a série atravessa a primeira geração de consoles, com Devil May Cry 4 lançado para o Playstation 3, Xbox 360 e PC. As mudanças em relação ao primeiro título da série são, no geral, herdadas das seqüências anteriores da série, entretanto, o novo Devil May Cry traz uma grande novidade: o protagonista não é mais Dante, mas Nero um personagem de aparência e golpes semelhantes, porém dotado de um poder demoníaco extraordinário em seu braço direito.

Segredos por trás de um assassino

Devil May Cry 4 se passa entre os eventos do primeiro e segundo jogo. Você joga na pele de Nero, um participante da Ordem da Espada, grupo de guerreiros que cultua o demônio responsável pelo banimento dos outros demônios da Terra, Sparda.

Certo dia, no entanto, a Ordem é atacada durante uma cerimônia e Sanctus, o maior padre do grupo, é assassinado; o assassino é nada mais nada menos que Dante, o protagonista dos outros games da série. Nero está prestes a partir quando vê Kyrie, a garota pela qual é apaixonado, em perigo. É então que começa uma luta acirrada entre Dante e Nero; apesar do protagonista aparentemente ter derrotado o assassino, não há vencedores neste combate. Dante foge após ser golpeado criticamente, não antes de dizer a Nero que o havia subestimado.

O irmão de Kyrie e líder da Ordem da Espada, Credo, então determina a Nero que persiga e capture Dante a fim de fazê-lo responder por seus crimes. Assim começa uma jornada recheada de reviravoltas e muita ação.

Embora a história de Devil May Cry 4 seja contada de forma semelhante a enredos de jogos como Resident Evil e God of War, com uma série de cut scenes que acontecem durante o game, há uma divisão clara entre as fases do jogo. Contudo, ainda assim é possível explorar livremente o cenário das fases anteriores, a menos que haja um impedimento físico justificável. A separação dos diversos níveis do game é mais em função da determinação da pontuação, o que dá uma cara de arcade ao jogo e diferenciá-lo da maior parte de seus congêneres.






Poderes demoníacos

A fórmula de Devil May Cry 4 é basicamente fundamentada no combate, exatamente da mesma forma como seus antecessores. Portanto, não somente há uma quantidade grande de inimigos para se lutar contra, mas também toda a pontuação dada entre os níveis é basicamente fundamentada nisso. Os critérios avaliados são três: tempo, estilo e porcentagem de orbs (pequenas partículas) vermelhos coletados em relação ao total disponível. Quanto ao tempo, é implícito que quanto mais rapidamente você terminar um nível, maior será seu score. A pontuação por estilo, por sua vez, é determinada pela quantidade e eficiência dos golpes e combinações realizadas em combate, mas também pode ser diminuída quando você sofre algum dano em batalha.



E estilo durante os combates é o que não deve faltar, afinal, o leque de golpes e recursos ficou ainda maior. Assim como nos outros games da série, a espada e a pistola são seus melhores amigos, no entanto, em Devil May Cry 4 há ainda outro recurso que cumpre um papel fundamental ao longo do jogo. Trata-se do Devil Bringer, um poder especial do protagonista capaz de puxar os inimigos a determinada distância ou arremessá-los brutalmente; tudo graças ao braço com poderes demoníacos de Nero.

Ao longo do game, o jogador ainda pode adquirir novas habilidades e golpes ao personagem, como combinações de golpes mais complexas, projéteis mais potentes para a arma e a possibilidade de correr mais rapidamente. Tudo isso pode ser adquirido através de uma espécie de moeda chamada Proud Souls, conseguida ao término de cada missão.

Além de todas as armas e poderes do personagem, que ainda podem ser otimizados pela compra de novas habilidades, Nero tem uma carta infalível na manga quando se encontra em perigo. Trata-se do Devil Trigger, um especial que torna todos os golpes do protagonista consideravelmente mais fortes e recupera gradualmente a sua vida. O recurso pode ser utilizado a qualquer momento, desde que o seu medidor (preenchido através de golpes desferidos ou danos recebidos) esteja ao menos parcialmente completo.

Com tamanha quantidade de poderes e habilidades, pode até parecer que Nero é um guerreiro invencível, entretanto, seus inimigos muitas vezes são proporcionalmente poderosos. Os oponentes enfrentados ao longo do jogo vão de pequenas e horrendas criaturas aos demônios mais colossais que conseguiram atravessar pelo portal do inferno.

Mas nem só de golpes e demônios é feito Devil May Cry 4. Os quebra-cabeças também são numerosos e variados, envolvendo desde quebrar determinado objeto do cenário até participar de um estranho jogo de tabuleiro. Porém muitas vezes é necessário deixar de lado alguns enigmas e simplesmente seguir em frente, pois é preciso algum tipo de item ou poder específico para resolvê-los.

Um clima assombroso

Um dos aspectos que sempre marcou bastante a série Devil May Cry é o conceito artístico do game, que, aliado aos enredos recheados de fantasia, cria um clima sombrio entre as batalhas caóticas. Em Devil May Cry 4 não é diferente. Os cenários são assombrosos, trazendo construções modernas à La Resident Evil com uma série elementos da arquitetura gótica.

A modelagem e o desenho dos personagens são bastante peculiares e em alguns momentos evidenciam a origem japonesa da série com figurinos extravagantes e personagens com um leve aspecto de mangá. Vale também destacar a modelagem dos demônios, especialmente dos chefes; tanto na forma quanto na proporção, eles passam uma sensação de imponência e poder. Deixando de lado algumas escolhas dos desenvolvedores relacionadas ao conceito artístico, o jogo em geral é bastante realista, com efeitos de luz, texturas e animações muito bem feitas.

No entanto nem tudo é impecável; há algumas falhas de continuidade, talvez propositais em função da diminuição da violência, mas que acabam sendo um aspecto negativo e difícil de não ser relevado. Em algumas cut scenes, por exemplo, é possível ver personagens terem seus corpos atravessados por espadas e, após a retirada desta, nenhuma marca ou ferimento é evidente.

Já a trilha sonora age de maneira bastante adequada a cada momento do jogo. Quando os demônios lhe cercam, a música é rápida e frenética, mas quando o momento é de exploração, tudo fica mais calmo e silencioso.

Caçando demônios

O protagonista não é o mesmo, mas série Devil May Cry continua no topo das franquias de ação do mercado atual dos games. Tudo que era bom nos outros games da série está de volta em Devil May Cry 4, somado a novidades como os poderes do braço demoníaco do novo protagonista, que expandem a fórmula já conhecida pelos fãs da franquia. Isso tudo agraciado por gráficos bonitos e bem feitos, com animações bem cuidadas e modelagens detalhadas dos personagens.

Embora Devil May Cry 4 gire em torno da ação, o game deve agradar a todos os tipos de jogadores, trazendo elementos de aventura e terror em sua fórmula. Além disso, o modelo de divisão de fases, nas quais a pontuação é somada de acordo com o seu desempenho, é muito interessante e dá um aspecto de arcade ao game que deve agradar aos fãs de jogos mais antigos do gênero.


avatar
Venom
HANGMAN
HANGMAN

Número de Mensagens : 40
Data de inscrição : 03/05/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

ANÚNCIO Re: Devil May Cry 4

Mensagem por Dan Ocelott em 26/5/2009, 14:48

Devil May Cry é meu jogo favorito junto a Parasiete Eve,eu já zerei DMC 4 umas 20 vezes mas msm assim naum enjoô O_O

td q vc disse no Review eu já sabia mas mesmo assim ele tah bem construído e bem detalhado englobando o jogo e não " a sua opinião" o q é bem comum (e convenhamos chato) na maioria dos Reviews de jogos.

Bom trabalho ò ó

_________________
avatar
Dan Ocelott
BIG BOSS
BIG BOSS

Número de Mensagens : 634
Idade : 26
Data de inscrição : 07/08/2008

Ver perfil do usuário http://dmcworld.hightoxic.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum