Rumble Roses

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

ANÚNCIO Rumble Roses

Mensagem por Shun Ying Lee em 10/12/2008, 09:38

"As tramas de cada uma das personagens se destacam como alguns dos mais ridículos textos já escritos."



"Rumble Roses" é o resultado de uma parceria de gigantes: a Konami recrutou as habilidades da produtora de jogos de luta-livre Yuke e encomendou belas garotas 3D da Polygon Magic (que fez os modelos de "Dead or Alive 3" e "Xtreme Beach Volleyball") para criar um novo jogo que não tem vergonha de explorar o sexo chamado frágil.



Flashback WWE

Quem já jogou "Smackdown" se sentirá em casa com esse game da produtora de "Metal Gear". Como em outros jogos de luta-livre, você não tem um medidor de energia dos personagens - o objetivo é prendê-los por três segundos ou fazê-los pedir "água". Isso é conseguido com uma mistura de ataques, agarrões e golpes especiais, que ajudam a diminuir a resistência da oponente.

Não há dúvida que o visual foi o item que consumiu mais recursos da produção de "Rumble Roses". Não apenas o jogo conta com algumas das mulheres mais detalhados e bem modeladas no PS2, mas a animação e interação das competidoras é igualmente caprichada. Encaixar um golpe não é fácil, e errar por pouco normalmente significa dar uma brecha para que a inimiga pegue você pelas costas.


A dinâmica dos golpes, agarrões e contra-ataques aproxima "Rumble Roses" de "Dead or Alive", mas o ritmo mais lento permite que o resultado das batalhas seja mais um produto de habilidade do que de sorte. Compreender as nuances do sistema pode ser um pouco complicado para quem nunca tocou em um jogo de luta-livre, mas é bastante recompensador com o tempo.

Apesar de oferecer lutadoras quase completamente diferentes umas das outras - até mesmo suas versões alternativas são quase distintas -, a quantidade de golpes por personagem é pequena. "Rumble Roses" não explora combinações de botões além de comandos básicos, diminuindo um pouco da profundidade do sistema. Isso pode ser uma qualidade ou um defeito, dependendo da opinião do jogador.

As garotas de "Rumble Roses" também cobrem virtualmente todo o espectro imaginável de fetiches, indo de adolescentes revoltadas a líderes de torcida, passando por professoras britânicas, enfermeiras australianas e uma cowgirl texana. É sinceramente difícil encontrar algum grupo deixado na mão.

No final das contas, é a falta de variedade em termos de modalidades que acaba ferindo o game no longo prazo. Sem um elemento online, você vai depender de um amigo para poder aproveitar o game depois de destravar tudo - o que não deve demorar muito.

Pior que novela

Jogadores podem explorar as tramas de cada uma das garotas no Story Mode - que destrava a versão diferente da lutadora - ou deixar o roteiro de lado em uma opção de Amistoso, cuja principal função é destravar as galerias de visualização de cada uma das beldades. Essa parte, aliás, é acompanhada de uma mecânica interessante: jogadores escolhem três "votos", que são certos desafios que aumentam uma porcentagem que define a personalidade de cada lutadora. Completar certos votos aumenta essa tendência para um lado ou para o outro, e atingir qualquer uma das extremidades libera novidades - uma adição bem-vinda.

Agora, as tramas de cada uma das personagens se destacam como alguns dos mais ridículos textos já escritos. Você vai achar que os clichês e elementos previsíveis foram todos esgotados entre a lutadora japonesa órfã em busca da irmã desaparecida e uma índia extremamente estereotipada, até ver que existe uma adolescente revoltada tentando juntar dinheiro para salvar o orfanato onde cresceu. As coisas só pioram depois disso. Claro, tudo isso é apenas desculpa para arremessar as belas lutadoras em uma briga na lama, mas muita gente vai ficar se perguntando se o exagero é proposital ou não.

"Rumble Roses" pode ser considerado ofensivo para o público feminino. Mas atrás da máscara machista existe um jogo competente e acessível de luta-livre. Fãs do estilo tradicional de luta à lá "Street Fighter" podem ficar decepcionados com essa mecânica às avessas. Se o conceito de luta de mulheres agrada, "Rumble Roses" é a pedida certa para os donos de PlayStation 2, mas se você quer apenas um bom jogo de luta, existem opções melhores no console.
avatar
Shun Ying Lee
STARTER
STARTER

Número de Mensagens : 24
Idade : 32
Data de inscrição : 29/11/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

ANÚNCIO Re: Rumble Roses

Mensagem por Dan Ocelott em 11/12/2008, 14:31

MAIS UMA FEMINISTA PRA COLEÇÃO Very Happy

OU NUM GOSTO MT DE RR...SÓ JOGO PQ ACHO AS PERSONAGENS GOSTOSAS ^^

_________________
avatar
Dan Ocelott
BIG BOSS
BIG BOSS

Número de Mensagens : 634
Idade : 26
Data de inscrição : 07/08/2008

Ver perfil do usuário http://dmcworld.hightoxic.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum